Há mais de 30 anos longe da escola, Celma dos Santos, 42, tinha voltado a estudar neste ano. Com pouco menos de dois meses de aula, ela já tinha aprendido a ler e escrever algumas palavras, quando as atividades foram suspensas pela pandemia do coronavírus.

Ainda que o colégio mantenha aulas a distância, com lições enviadas pelo WhatsApp, Celma pediu para que não fosse aprovada para a próxima série por considerar que não está aprendendo tanto quanto esperava.

Especialistas e escolas avaliam que alunos da EJA (Educação de Jovens e Adultos) sejam um dos grupos mais vulneráveis pela interrupção das atividades escolares e temem que desistam dos estudos.

Leia a matéria na íntegra: https://www1.folha.uol.com.br/educacao/2020/06/escolas-temem-que-adultos-abandonem-estudos-apos-pandemia-do-coronavirus.shtml